Do cu para a boca: tara pornô ou realidade?

1 visualizações  Enviar por email   Imprimir
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 3,00 de 5)


De um orifício molhadinho e quentinho para outro…De um fetiche e prática sexual preferida pelos homens para outra…O melhor dos dois mundos…Estamos falando de uma ação que se tornou lugar comum nos filmes pornô, popular justamente pelos motivos acima e mais alguns: o cu para a boca. Como o nome auto-explicativo diz, trata-se de durante uma penetração anal, retirar o pênis e levá-lo diretamente à boca da parceira (ou parceiro). Na chamada pornografia gonzo, aquela que se aventura em atos sexuais mais ousados e mesmo em uma certa violência e dominação contra as atrizes mulheres, o ass-to-mouth (ou abreviadamente ATM) como o chamam os americanos, virou padrão.

E logicamente, o outro motivo de sucesso deste fetiche anal é o sentido de proibição, de quebra de tabu, associado com tudo aquilo relacionado com o ânus. Impensável para muitos, nojento para as sensibilidades normais, chupar um pênis que acabou de sair de dentro do próprio cu é exatamente o oposto de tudo aquilo que aprendemos desde crianças.

Porém, será que o cu para a boca é uma tara praticada somente pelos atores e atrizes pornô? Ou pessoas como vocês e eu, normais e correntes, também praticam esta forma avançada de sexo anal? E ainda mais, será seguro para a saúde, mesmo se tendo praticado todos os procedimentos de higiene e de limpeza que o sexo anal requer? O que você acha? Antes de responder estas questões, vamos iniciar um debate, tendo o vídeo acima como uma perfeita demonstração da prática. Deixe sua opinião, comentando o post, para sabermos mais sobre a realidade o ficção de um dos aspectos mais polêmicos do sexo anal.

Veja o vídeo

Comentários

  1. Aos 65 anos descobri que não existe no mundo algo mais prazeroso e satisfatório de que receber, de quatro, um belo pau médio bem introduzido no cu, num vai-e-vem macio e paciencioso.É o paraíso! E olha que fui um garanhão. Conheci muitas mulheres e gostei delas. Mas, agora, só quero saber de pênis.

    • é amigo o tesao nao tem idade nem cor nem relegiao,ele esta exatamente na nossa cabeça quando sentimos prazer é o que importa.

  2. Um pau na boca e outro no cu, simultaneamente, é o máximo. Mas, no cu e depois na boca, tô fora! Se o reto não estiver totalmente vazio e limpo, o cheiro e o gosto não agradam.

  3. ate curto comer um cuzinho,mais melhor ainda é quando minha mulher come

  4. Eu e meu marido fazemos anal somente com camisinha. Sei que atrizes pornô, fazem lavagem anal antes das filmagens. Mas mesmo que eu fizesse a tal lavagem, nós não faríamos como no vídeo.
    Atrizes pornô, se expõem ao risco para ganharem dinheiro.
    Cada um tem seus fetiches. Eu e meu marido temos outros…

    • Abigail, comentário nota 10. Se formos levar em conta todos os riscos do sexo anal, realmente é aconselhável o uso da camisinha. Já em relação ao que vemos nos filmes, é melhor considerar como fantasia, fetiche sonho, fuga da realidade, enfim, algo que nos entretem mas que não necessariamente precisamos repetir na vida real. Um abraço e muito proveito com o maridão!

  5. primeiro meus parabéns Abigail!, a questao da penetraçao na boca e no cu, realmente tras um certo prazer devido a essa coisa de ser anormal, proibido…mas é nojento. mas eu adoraria fazer isso em uma mulher.

Deixe seu comentário

Captcha Captcha Reload


Você poderá gostar de:


A poesia e a tara da mijada em banheiros públicos

A língua e a garganta profunda: um toque especial de prazer no sexo oral profundo

Elas também gostam da gozada na boca?

Faça o teste e saiba se você pode ser um bom corno manso